O Papa Francisco autoriza peregrinações a Medjugorje, as quais a partir de agora poderão ser oficialmente organizadas pelas dioceses e paróquias e já não se levarão a cabo apenas as organizadas a título privado como tem sido até agora.

Papa autoriza peregrinações a Medjugorje
Papa autoriza peregrinações a Medjugorje

O anúncio foi feito hoje durante a missa no santuário da paróquia que se tornou um destino para milhões de peregrinos, pelo Núncio Apostólico na Bósnia-Herzegovina, Luigi Pezzuto e Dom Henryk Hoser, visitador apostólico especial da Santa Sé, de acordo com o Vaticano News.

O Papa Francisco decidiu que esta autorização deve ser acompanhada de “salvaguarda para evitar que esta autorização às peregrinações sejam interpretada como uma autenticação das aparições que ainda necessitam de um exame por parte da Igreja. Portanto, deve ser tomado cuidado para evitar confusões ou ambiguidades do ponto de vista doutrinal”.

Isto também concerne aos “pastores de todas as ordens e níveis que pretendam ir a Medjugorje e celebrar ou concelebrar lá mesmo solenemente”, disse o director interino da oficina de Imprensa da Santa Sé, Alessandro Gisotti, respondendo a perguntas de jornalistas sobre o anúncio em 12 de Maio de 2019.

“Tendo em conta o fluxo considerável de pessoas que vão a Medjugorje e os abundantes frutos da graça que surgiram – continuou Gisotti – esta disposição faz parte da atenção pastoral especial que o Santo Padre quis dar a esta realidade, que visa incentivar e promover os bons frutos”.

O visitador apostólico, concluiu Gisotti, “terá assim mais facilidade em estabelecer – de acordo com os ordinários dos lugares – relações com os sacerdotes que organizam peregrinações a Medjugorje, como sendo as pessoas certas e bem preparadas, fornecendo-lhes informações e instruções para que façam com frutos estas peregrinações”.

A decisão do Papa vem um ano após a nomeação de Hoser, arcebispo emérito de Varsóvia-Praga, na Polónia como “visitador apostólico especial para a paróquia de Medjugorje, por um período indefinido e ad nutum Sanctae Sedis” à disposição da Santa Sé, que ocorreu em 31 de Maio de 2018.

Tanto a nomeação como o anúncio de hoje, portanto, não entram nas questões doutrinárias relacionadas com a autenticidade da história dos seis videntes sobre os acontecimentos de Medjugorje em Junho de 1981, um fenómeno ainda não concluído.

Video em Espanhol de conversa com Pe Francisco Verar e Pe. Inocenco LLamas, filmado em Medjugorje onde falam sobre o tema, “Papa autoriza peregrinações a Medjugorje“.

 

O artigo Papa autoriza peregrinações a Medjugorje foi publicado e traduzido a partir de:

El Papa autoriza las peregrinaciones a Medjugorje

Coração materno de Maria no mistério Cristão
As armas de São João Bosco para combater a peste